Emigração Açoriana

A emigração caracterizou historicamente a vida portuguesa e, desenhou de forma incontornável a personalidade das ilhas. A origem da emigração açoriana estará, porventura, nos primórdios do povoamento, de acordo com o que apontam os investigadores. O seu caráter sistemático remonta, porém, ao século XVII.
Os principais destinos da emigração Açoriana foram: Brasil, Estados Unidos e Canadá.

 

Açorianos no Brasil

A Imigração Açoriana no Brasil foi estimulada pelo interesse de Portugal em povoar o território do Brasil colônia, alternativa empregada para impedir a exploração das novas terras portuguesas por outras nacionalidades.
 

Açorianos na Região Sul do Brasil

Para ocupar o território do Brasil pertencente a Portugal, os açorianos receberam vantagens. A primeira leva de casais açorianos chegou ao Brasil em 1617 e então o fluxo migratório mantevesse até o século XX. As capitanias de Santa Catarina e Rio Grande do Sul foram os destinos principais da imigração açoriana no Brasil, as duas regiões eram tomadas como importantes para colonização, medida que asseguraria a presença dos portugueses e garantiria a posse das terras. A população de Santa Catariana, especificamente, mais que dobrou por conta da presença dos açorianos.

A região Sul do Brasil foi o principal destino dos Açorianos até o século XVIII, prova disso é a fundação por imigrantes açorianos de varias cidades  no Rio Grande do Sul ( como a cidade de  Porto Alegre - fundada por casais de açorianos em 1752) e Santa Catarina ( como a cidade de Florianópolis fundada por açorianos e que continuou recebendo uma expressiva quantidade de açorianos ).

Depois do século XVIII outros destinos como Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Amazonas, Pará e Paraíba também receberam açorianos.